terça-feira, 5 de abril de 2011

Medo

Eu deveria deixa-lo ir embora, o medo, ou enfrenta-lo, mas meu medo não é só meu. Ele parte de você.
Meu medo é de não ser boa o bastante para você. O seu medo é de que eu exija muito de você. Seria tão simples se apenas nos entregássemos nas mãos de Deus ...
Devíamos apenas deixar nossos olhos cantar o que sentimos no ritmo de nossos corações, mas é incrível como nossos corpos travam e nossa coragem se bloqueia quando nossos lábios se tocam. Nós somos cuidadosos demais quando deveríamos "nos jogar" e "nos jogamos" demais, quando deveríamos apenas caminhar juntos, um passo de cada vez.
Você parece ter muito medo, medo de se arrepender de se aproximar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário