quinta-feira, 20 de maio de 2010

L.I.F.E.

Liberdade Inocência Felicidade Enigmas ...

Minhas amizades são plurais,
Meus amores impossíveis,
Meus desejos banais,
Meus sonhos altos demais.

Minhas paixões utópicas,
Minhas histórias incontáveis,
Escritas em linhas tortas
Nos trilhos do meu humor mutante.

Meus passos errantes,
Minhas alegrias cantantes,
Meus sorrisos contagiantes,
Meus olhos, amantes.

Sinceridade à parte,
Rascunhos na agenda
Choros ao fim da tarde
E músicas sobre liberdade.

Sonhos, sonhos, sonhos
Amigos verdadeiros
Amores que não sejam passageiros,
Sonhos!

Buscando o mágico refúgio
O que ainda falta acontecer?
Como pode o melhor estar por vir,
Se levaram o que de bom havia em mim?


Buscando o mágico refúgio,
Fujo,
A paisagem passa
E eu me vejo no banco do passageiro
Assustada com tudo, pasma.

2 comentários:

  1. eu adoro os teus poemaas ! *-*

    ResponderExcluir
  2. Eu tbm mano muito fera demais adorei esse e todos os outros =D

    ResponderExcluir